Programa de luz na avicultura de postura

Um dos assuntos mais estudados e discutidos na avicultura tem sido os programas de luz para poedeiras.


As aves possuem um mecanismo fisiológico que estimula o desenvolvimento e a maturação do seu sistema reprodutor através da percepção da luz.


A luz que penetra no olho provoca um estímulo, que é conduzido pelo sistema nervoso até o cérebro e a glândula pituitária. Esta glândula libera um hormônio, o LH, que determina a ovulação.


Por isso, a luz na produção de ovos é extremamente importante. Ela controla o início da postura e influencia no desempenho do animal.


Neste sentido, um programa de luz bem feito poderá ser um fator decisivo de lucratividade na atividade


Antes de projetar um programa de luz, é importante saber que as aves com idade de 1 a 10 semanas não respondem a estímulos luminosos. Ou seja, até a 10º semana as aves são refratárias à luz. E a partir da 10° semana de vida, o período de luz disponível começa a influenciar no sistema reprodutivo da ave.


Para executar um programa de luz, duas regras básicas devem ser consideradas:

▪ 1° NUNCA AUMENTAR o número de horas de luz durante o período de crescimento (recria). Durante este período, a luminosidade deve ser constante ou decrescente, nunca crescente.

▪ 2° NUNCA DIMINUIR o número de horas de luz durante o período de produção.

IMPORTANTE: Ao se fazer um programa de luz, é preciso determinar a época em que as aves vão completar 10 semanas de idade.

E então, verificar o comportamento da luz natural, se é crescente ou decrescente.


O dia mais curto do hemisfério sul, 21 de junho, é conhecido por solstício de inverno, e o mais longo, 21 de dezembro, por solstício de verão. Entre o solstício de inverno e o de verão, os dias têm luminosidade crescente, o que estimula a maturidade sexual. De modo contrário, a partir de solstício de verão, o fotoperíodo diminui, os dias se tornam mais curtos, inibindo o ciclo reprodutivo da galinha (ARAÚJO et al., 2011).


Para Khatounian (2001) uma defesa evolutivamente desenvolvida pelas aves contra o esgotamento é a regulação da postura e consumo de alimento de acordo com a quantidade de luz. Por isso, quando os dias se tornam curtos, as aves tendem a botar menos, mesmo em condições ideais de alimentação. Naturalmente, com a inibição do ciclo reprodutivo, a produção de ovos diminui.


Sendo assim, no caso de as aves completarem 10 semanas de idade no período crescente, o programa de luz na fase de recria poderá ser decrescente ou constante.

Exemplo de programa decrescente:

1º semana – fornecer 24 horas de luz.

2º à 9º semana – só luz natural.

10º à 17º semana – programa de luz decrescente

18º semana – 15 horas de luz

20º em diante – 16 horas de luz

Como fazer o programa de luz decrescente


1º passo: determinar a hora em que o dia vai clarear na data em que o lote completar 18 semanas.

2º diminuir duas horas dessa hora do nascer do sol. Essa hora será o momento de ligar o relógio.

3º diminuir 15 minutos por semana, até a 17º semana.


Exemplo:

1º passo: Um lote completará 18 semanas em um dia de 6 horas de luz natural.

2º passo: diminuindo 2 horas (6-2) ligar o relógio = 4hs:00

Então, acender as lâmpadas:

10º semana: 4hs:00

11º semana: 4hs:15 min

12º semana: 4hs:30 min

13º semana: 4hs:45 min

14º semana: 5hs:00

15º semana: 5hs:15 min

16º semana: 5hs:30 min

17º semana: 5hs:45 min

18º semana: 6hs:00 (dia claro)

A partir daí aumentando gradativamente para fornecer 16 horas de luz/dia.


Exemplo de programa constante:

1º semana: 23hs:00

2º semana: 21hs:00

3º semana: 19hs:00

4º semana: 17hs:00

5º semana: 15hs:00

6º semana: 14hs:00

7º semana: 14hs:00

8º semana: 14hs:00

9º semana: 14hs:00

10º semana: 14hs:00

11º semana: 14hs:00

12º semana: 14hs:00

13º semana: 14hs:00

14º semana: 14hs:00

15º semana: 14hs:00

16º semana: 14hs:00

17º semana: 14hs:00

18º semana: 15hs:00

19º semana 15hs:30 min

20º semana: 16hs:00

21º semana: 16hs:00



Já no caso de as aves completarem 10 semanas de idade no período decrescente do ano, podemos nos beneficiar da natureza e começar o programa de luz a partir da 18º semana:


1º semana – fornecer 24 horas de luz.

2º à 17º semana – só luz natural.

18º semana – 15 horas de luz

19º semana – 15hs:30 min de luz

20º em diante – 16 horas de luz


Referências

ARAÚJO, Wagner Azis Garcia, et al. Programa de Luz na Avicultura de Postura. Revista CFMV - Brasília/DF - Ano XVII - nº 52. 2011. Pág 58 – 65.

KHATOUNIAN, C. A. A reconstrução ecológica da agricultura. Botucatu: Agroecológica, 2001. 348 p.

Manual de criação e manejo da Lohman Selected Leghorn, granja planalto, Uberlândia, MG.