PROTOCOLO DE LIMPEZA E DESINFECÇÃO DAS INSTALAÇÕES

Um dos principais manejos da avicultura esta relacionado com a limpeza e desinfecção das instalações. Esta prática tem o intuito de prevenir uma série de problemas sanitários. Contribuindo para eliminação da maioria dos microrganismos que causam doenças nas aves.


A escola de avicultores propõe o seguinte protocolo de limpeza e desinfecção das instalações


PASSO 1: PREPARAÇÃO – É necessário remover todos os equipamentos e resíduos do galpão. Que incluem bebedouros, comedouros, a cama (esterco), aves mortas, ovos, ou seja, qualquer material / equipamento removível deve ser retirado.

PASSO 2: LIMPEZA À SECO – Realizada com ar comprimido e/ou vassouras e pás. Tem a função de remover toda poeira e material orgânico seco.

PASSO 3: LAVAGEM – Nesta etapa o ideal é utilizar água quente e detergente. De preferência detergente espuma deixando-o trabalhar o tempo especificado pelo fabricante. Isto remove todo material orgânico e resíduos que restaram.

PASSO 4: VASSOURA DE FOGO – Passar a vassoura de fogo nas instalações mata os patógenos restantes, como por exemplo os protozoários causadores da coccidiose, que são resistentes ao processo de lavagem.

PASSO 5: DESINFECÇÃO QUÍMICA – Aplicação de desinfetantes confiáveis e eficazes. Importante seguir as recomendações do rótulo (fabricante) e aplicar a dose adequada, respeitando o tempo de contato e temperatura.

PASSO 6: CAIAÇÃO – Realizada com uma mistura de três (3) litros de água para 1 quilo de cal. Deve-se proceder a pintura das instalações com a mistura.